fev
22
Passeando de ônibus pelo Rio de Janeiro

Não sei se disse isso antes para vocês, sou um homem viajado nesse Rio de Janeiro… rs. Andei de bonde, de trem, lotação, triciclo, ônibus elétrico, lotada… fim dos anos 50 em diante.

Extraí estas imagens de um slide que recebi, que não estava assinado, mas que dizia no final: “Que saudade!”

De fato, que saudade daqueles tempos! Tudo era mais difícil. Os lotações andavam apinhados de gente. Todavia, uma dama não ficava em pé e os idosos eram respeitados. E chegávamos ao nosso destino em paz.

 


Praça Mauá – Palácio Monroe (Passeio) – 1918

 

Praça Mauá – Leblon – 1928

 

Jacaré – Copacabana – 1930

 

Penha – Madureira – 1933

 

Urca – Ipanema – 1944

 

Praça Tiradentes – Penha – 1948

 

Lins – Urca – 1949

 

Nova Iguaçu – Praça Mauá – 1949
Passando por Bento Ribeiro

 

Parada de Lucas – Mourisco – 1949

 

Praça Mauá – Abolição – 1949

 

Castelo – Lagoa – 1950

 

Saens Peña – Largo do Machado – 1950

 

Vaz Lobo – Candelária – 1950 – Entrando na Av. Brasil

 

Nilópolis – Praça Mauá – 1954

 

Engenho Novo – Central do Brasil – 1955

 

Maria da Graça – passagem de nível – 1955

 

Praça Mauá – Rio-Belo Horizonte – 1957

 

Ribeira – Castelo – 1956
Avenida Presidente Vargas, passando pela Central do Brasil

 

19 Linha 60 – Cosme Velho – 1958

 

Praça Mauá – Fátima – C10 – 1959
Praça Mauá – Aeroporto – Linha 62 – 1959

 

Cinelância – 1961 – Passando pelo Teatro Municipal

 

Rio Comprido – Leblon – 1963

 

Linha 176 – Estrada de Ferro – Gávea – 1964

 

Linha 378 – Castelo – Marechal Hermes – 1965

 

Bonsucesso – Duque de Caxias – 1966

 

Botafogo – 1966

Linha 202 – Rio Comprido – 1966

 

Linha 215 – Praça 15 – Rua Uruguai – 1966

 

Linha E-20 – Centro – Leblon – 1966

 

Linha 378 – Castelo – Marechal Hermes – 1967

 

Linha 546 – Marquês de São Vicente – Gávea – 1968
Em frente à PUC

 

Linha 123 – Praça Mauá – Jardim de Allah – 1970
Avenida Rio Branco


http://recebiliegostei.com/wp-content/themes/children/images/sign.png







mar
18
A teologia moral da manga

Desde pequeno sempre fui muito conversador. Várias vezes fiquei de castigo na escola por conversar durante as aulas. Mas aonde quer que eu fosse, no ônibus, trem ou outro lugar, se tivesse alguém para papear, lá estava eu a puxar uma conversa. Até hoje cultivo o hábito e, claro, respeitando quando o outro demonstra não estar a fim de prosear.

Esta crônica que recebi do meu amigo Álvaro Muzzi expressa profunda sabedoria. Do escritor de renome, que é Rubem Alves, mas principalmente do matuto que a inspirou.


Rubem Alves

“O velho caipira, com cara de amigo, que encontrei num Banco, estava esperando para ser atendido. Ele ia abrir uma conta. Começo de um novo ano… Novas perspectivas…E como não podia deixar de ser, também começou ali um daqueles papos de fila de banco. Contas, décimo terceiro que desapareceu, problemas do Brasil, tsunami… Será que vai chover?

(leia mais…)


http://recebiliegostei.com/wp-content/themes/children/images/sign.png







out
15
Professores do Brasil: as três que marcaram minha vida

Minha mãe, a que me ensinou as primeiras letras


Dona Vladimira, mulher do lar, costureira de profissão, foi a primeira a me ensinar as primeiras letras. Todos os dias, à tardinha, minha mãe me passava “deveres” e corrigia os anteriores. Pegava a cartilha, a tabuada e o meu caderno e dizia: “vamos aprender um pouco mais hoje”. E aí me tomava a tabuada, a leitura de palavras e frases. Foi ela que ensinou-me a escrever o nome completo, aos cinco anos, e as fazer as primeiras “continhas”.

 

(leia mais…)


http://recebiliegostei.com/wp-content/themes/children/images/sign.png







out
14
Feijoada completa à brasileira para os amigos portugueses

Nesta participação na Blogagem Coletiva de outubro, Na Minha Terra Come-se Bem, do Aldeia da Minha Vida, farei de conta de que estou me preparando para receber, em minha casa, os amigos portugueses. E o prato que prepararei será uma feijoada completa à brasileira.

(leia mais…)


http://recebiliegostei.com/wp-content/themes/children/images/sign.png