maio
27
A praia de vidro


 

A praia de vidro fica localizada em Fort Brag, na Califórnia, e ganhou este nome pois em suas areias pode ser encontrada uma enorme quantidade de vidro.

 

O vidro é proveniente do lixo que os moradores da região descartavam diretamente no mar no começo do século 20. Em 1967, a área foi fechada para o início de uma série de programas de limpeza, numa tentativa de recuperar a praia.

 


 

 

Ao longo das décadas, o martelar das ondas quebrou o vidro em pedaços pequenos que foram polidos pela areia, transformando-os nas peças de bijuteria colorida que cobrem a praia atualmente.

 


 




33 Comments

  1. Apesar da agressão sofrida pelo descarte de lixo em local indevido (tb na década de 20,não se pensava nessas coisas).a imagem é muito bonita.Queria uma pedrinha dessa para mim.
    Bjos

    Comentário by Cecilia — maio 27, 2010 @ 5:19 pm

  2. Nossa muito legal isso! Imagina essa praia no raiar do Sol?! deve ser um brilho muito legal!

    Luz na mente e Paz no coração.

    Comentário by Thiago Blauth Ferreira — maio 27, 2010 @ 5:21 pm

  3. Antônio… o que é a força da natureza, apesar da agressão sofrida pelo descarte do lixo, foi capaz de realizar esta beleza….
    Adorei…..
    Beijo no coração

    Comentário by Valéria — maio 27, 2010 @ 5:31 pm

  4. Pastor realmente uma maravilha, espetacular, gostaria de um dia ir até la.
    Abraços forte

    Comentário by Principe Encantado — maio 27, 2010 @ 5:40 pm

  5. Antonio,

    Que praia mais linda meu amigo!

    Se essa praia fosse aqui no Brasil, com certeza não haveria uma única pedrinha de vidro colorida para contar história… rsss

    Lembro que no início da década de 80, fiz uma viagem e passei por Lagoa Santa, em Goiás. Lá exisitia um lindo lago todo cheio de pedrinhas coloridas no fundo, e a água cristalina ficava toda colorida… Uma coisa fantástica de se ver.

    Alguns anos depois, retornei à Lagoa Santa, no mesmo lago… O que tinha no fundo do lago? Nenhuma pedrinha para contar a história…

    Sinto-me privilegiada por ter tido tempo de ver a beleza natural do lago, que pouco mais tarde o homem destruiu.

    Adorei!

    Bjs.

    Rosana.

    Comentário by Rosana Madjarof — maio 27, 2010 @ 5:52 pm

  6. Paz Antônio!
    Que legal 😉 :duh:
    Eu fiquei encantada com uma praia no Chui,pela variedade de conchas,mas essa é muito bonita(apesar de ter sido lixo)
    Um abraço! =D

    Comentário by Elisa Cunha. — maio 27, 2010 @ 5:54 pm

  7. Olá amigo Antônio!
    Incrível ver a reação da natureza a uma agressão do ser humano. Conseguiu aflorar beleza até no descarte de lixo. O resultado é realmente impressionante.
    Muito bacana a postagem. Adorei.
    Forte abraço, Fernandez.

    Comentário by Fernandez — maio 27, 2010 @ 6:53 pm

  8. Amigo Antonio, essa praia é fantástica! Ainda bem que ela não está localizada aqui no Brasil… rsss Se estivesse, com certeza, não seria tão linda assim. Abraços. Roniel.

    Comentário by Roniel A. Julio — maio 27, 2010 @ 7:14 pm

  9. É amigo, a paisagem é linda.

    O homem tenta destruir, mas Deus em sua infinita bondade devolve os maus tratos com belas pedrinhas, m a r a v i l h o s a s.

    Muito legal.

    Até.

    Comentário by Nickmartins — maio 27, 2010 @ 8:21 pm

  10. Olha que coisa… Na verdade a natureza se encarregou de transformar aqueles vidros em obras de arte!
    Bendito Deus pela natureza sábia que Ele criou!
    Abração! :o):

    Comentário by Vanda — maio 27, 2010 @ 8:25 pm

  11. Estou pasma!!
    Como pode isso, Antonio!
    Na natureza nada se forma, nada se cria…tudo se transforma…mais ou menos assim, não é ?
    beijos, Antonio

    Maria Marçal – Porto Alegre – RS

    Comentário by Maria Marçal — maio 27, 2010 @ 8:34 pm

  12. Colega fiquei impressionado com as fotos da praia de vidro. Parece surreal. Excelente post, pois além de informativo é muito belo. Coisa da natureza.
    Abraços, Assis Azevedo

    Comentário by Assis Azevedo — maio 27, 2010 @ 9:00 pm

  13. Legal isso, Antônio. Mostra a imensa capacidade recuperação e adaptação da natureza que, apesar da irresponsabilidade humana, é capaz de transformar lixo em preciosidade. Valeu mesmo, meu amigo. Parabéns pelo texto curto; porém, muito significativo. Abraços!

    Comentário by RobMaia — maio 27, 2010 @ 9:23 pm

  14. :o): 😉 =D =D :grr: Tuninho,
    Que coisa mais linda!! Ficou uma obra de arte, esses vidros coloridos. Deram um lindo visual.

    Achei interessante seu post. Continue nos presenteando com maravilhas assim.
    Beijos =D =D

    Comentário by Sonia — maio 27, 2010 @ 9:27 pm

  15. Surpreendente!!!

    Um forte abraço!

    Comentário by Sérgio — maio 27, 2010 @ 9:42 pm

  16. Oi Antônio, a praia ficou linda! Só a Natureza para tranformar a agressão que recebe nessa profusão de beleza. Fiquei encantada com as imagens! Mas não podemos esquecer de preservá-la, porque ela já nos tem demonstrado que temos exagerado no nosso descaso, através das chuvas torrenciais e terremotos que tem ocorrido ultimanete.

    Adorei a Postagem!

    Abs Denize

    Comentário by Denize — maio 27, 2010 @ 9:48 pm

  17. magnifico
    nem tenho nem palavras pra descrever a beleza desta praia
    belissima 👿

    Comentário by juci dias — maio 27, 2010 @ 9:50 pm

  18. Como dizia Jeff Goldblum no filme Jurassic Park

    “A natureza sempre encontra um jeito…” nesse caso, um jeito de transformar a porquice das pessoas em obra de arte.

    Lindas fotos

    Daniel
    http://www.ideiascorporativas.wordpress.com

    Comentário by Daniel — maio 27, 2010 @ 9:55 pm

  19. Oi querido antonio

    Que praia magnifica ein, em meios a intulhos de vidros, se transformou numa praia linda e esplendorosa, alem de ser uma belisima paissgem e cartão postal, essas pedras de vidros dariam umas lindas joias.
    Adorei o post.
    Bjs

    Comentário by Maria — maio 27, 2010 @ 11:28 pm

  20. Antonio isso é muito bonito embora a historia seja triste: a degradação da natureza pela ação do homem. A curiosidade é se ainda algumas machucam os pés. Vou mandar o Craig pra praia e depois nos contar!

    Comentário by Sissym — maio 27, 2010 @ 11:57 pm

  21. Antonio,
    Sissy sent me to the beach! I have seen this beach when I was younger. It is a sad testament to the garbage that is still dumped directly at sea. My grandfather used to hunt for precious stones on the beaches of the Great Lakes in the U.S. and Canada. He explained to us that the pieces of smooth glass we found we worthless but still pretty cool sometimes and people do make jewelry from it.
    Thank you for the pretty pictures and the interesting story! Mother nature at her best!
    Craig

    Comentário by Craig Turk — maio 28, 2010 @ 1:20 am

  22. Vou ajudar…

    Ele deixou recado no seu blog em ingles para voce, traduzo:

    “Sissy enviou-me sobre a praia! Eu tinha visto esta praia quando eu era mais jovem. É um triste testemunho de que o lixo ainda é despejado diretamente no mar. Meu avô costumava caçar pedras preciosas nas praias da região dos Grandes Lagos em os E.U. e Canadá. Ele explicou-nos que os pedaços de vidro liso que descobrimos eram sem valor, mas apesar disso muito legais e às vezes as pessoas fazem jóias dela.
    Obrigado pelas fotos bonitas e interessantes da história! O melhor da Mãe natureza!”
    Craig

    Antonio, para mim ele contou que elas são escorregadias.
    “Sim, isso foi muito interessante, mas é claro triste ao mesmo tempo em que podemos colocar tanta poluição em nossas águas! Tenho andado nessa praia e é como caminhar sobre pedras escorregadias – não é cortante, mas difícil de percorrer!”

    Bjs

    Comentário by Sissym — maio 28, 2010 @ 2:23 am

  23. Antônio que coisa mais linda..a natureza vive nos dando lições não é verdade?!Pensa bem, todo aquele vidro foi obra de degradação do homem e a força da natureza transformou em arte, pois a pria ficou lindíssima.Gostaria de um dia poder visitar..tiraria muitas fotos lá.
    Concordo com a Rosana que se ela fosse no Brasil as pedrinhas já seriam história… não restaria uma lá.
    BEijos no coração
    Parabe´ns pelo post.
    Márcia Canêdo

    Comentário by Márcia Canêdo — maio 28, 2010 @ 2:23 am

  24. Olá Antonio,

    Achei as imagens impressionantes, incrível como a natureza procura meios de se auto-purificar, livrar-se de que não é seu por origem..

    Abraço

    Comentário by Geraldo — maio 28, 2010 @ 2:43 am

  25. Qto tempo, hem Antonio?!
    Fiquei encantada com a praia e sua história. N sei se existe algum lugar q n tenha sido modificado pela ação do homem, na maioria das vezes negativa, como é o caso.
    Entretanto há uma força motriz, uma pulsão,uma inteligência, inerente a tudo e todos q move à luta, à defesa, à mudança, ao renascer.
    O Universo pulsa de vida. Infelizmente, há um pensamento retrógrado de que nós, seres humanos, somos donos e senhores da natureza, de q ela aí está p nos servir, esquencendo-nos de que nossa essência mais pura nos torna parte integrante dela.
    A química e a biologia de nosso corpo deveriam falar mais alto pois é triste q nos dias atuais, com toda a informação q temos, ainda procedamos baseados na velha idéia antropocêntrica, ou numa objetividade burra.
    Qdo fiz faculdade aprendi e gravei um conceito basicão da antropologia: “A natureza está no homem e o homem está na natureza.” Acho q isto diz muita coisa. Essa praia, um ecosistema, mostra sua inteligência ao se defender e reinventar numa ação conjunta de vários elementos e organismos. Só temos q aprender com ela. Dando uma de Yoda: Humildade é preciso.

    Comentário by Carla — maio 28, 2010 @ 1:16 pm

  26. incrível lugar!

    Comentário by Kelly — maio 28, 2010 @ 1:34 pm

  27. Antonio
    A natureza é sábia ao transformar o lixo em essas pedras que parecem semi-preciosas…são lindas!
    Por isso devemos retribuir a dádiva que a natureza nos proporciona.
    Parabens pelo excelente texto!
    bjs
    joana

    Comentário by joana — maio 28, 2010 @ 1:56 pm

  28. Antonio,

    As imagens são lindas demais, deve ser gratificante olhar essa praia de perto.

    abraço!

    Comentário by Thales — maio 28, 2010 @ 2:01 pm

  29. A força da mãe natureza, sempre generosa! Belíssima postagem! Beijos da Lu.

    Comentário by Luciana Vaz — maio 28, 2010 @ 11:56 pm

  30. Isso nao pode ser lixo, e as pontas e cacos e etc …. as pedras sao todas redondinhas e pq só tem vidro e nao plastico papel… tem certesa que é lixo isso e nao algum efeito natural??

    Comentário by matt — maio 31, 2010 @ 1:38 pm

  31. As imagens são incríveis. Como pode, a natureza transformar lixo em algo lindo assim.

    Comentário by Mêlanie — maio 31, 2010 @ 6:49 pm

  32. muinto loko em 😉

    Comentário by Anônimo — junho 1, 2010 @ 12:37 am

  33. Antônio que coisa mais linda..a natureza vive nos dando lições não é verdade?!Pensa bem, todo aquele vidro foi obra de degradação do homem e a força da natureza transformou em arte, pois a pria ficou lindíssima.Gostaria de um dia poder visitar..tiraria muitas fotos lá.
    Concordo com a Rosana que se ela fosse no Brasil as pedrinhas já seriam história… não restaria uma lá.
    BEijos no coração
    Parabe´ns pelo post.
    Márcia Canêdo

    Comentário by Amy — junho 4, 2010 @ 5:46 am

RSS feed for comments on this post.

Sorry, the comment form is closed at this time.