fev
12
As 10 regras do futebol de rua

Estas regras de futebol de rua me fizeram voltar à infância e relembrar as muitas vidraças quebradas, as bolas partidas ao meio – pelos donos das vidraças, é claro! – e ainda as muitas horas que ficávamos na rua, ora jogando, ora esperando um time perder para o nosso poder entrar.


Eu, à esquerda e meu irmão caçula – Cosme, à direita. O que as garotas estão fazendo na foto? Só pose. Elas não jogavam bola conosco… rs.

 

Joguei muito futebol de rua, quebrei braço, ralei tudo que tinha direito, apanhei muito da minha mãe por ficar na rua muito tempo e, é claro, perdi muitas bolas dente-de-leite. Teve uma que durou só meia hora. Ainda cheirava a plástico novinho quando quebrou a vidraça do vizinho. O sujeito – seu Paulo, cara de mau, “brabo” igual pitbull, que depois ficou amigo da gente [quebrou o vidro, pagava e tava tudo certo] – cortou-a ao meio e jogou pra gente: “é isso que eu faço com a bola de vocês!” Começava tudo de novo: fazer vaquinha, ir no armarinho e combrar outra. Mas, antes, tinha que pagar o vidro do vizinho.

Quem me enviou por email, foi um amigo e irmão em Cristo de São Paulo – Armando Cecatto – que também já jogou muita bola na rua. As regras eram essas. Podem acreditar.

 

1. A BOLA

A bola pode ser qualquer coisa remotamente esférica. Até uma bola de futebol serve. No desespero, usa-se qualquer coisa que role, como uma pedra, uma lata vazia ou a merendeira do irmão menor.



 

2. O GOL

O gol pode ser feito com o que estiver à mão: tijolos, paralelepípedos, camisas emboladas, chinelos, os livros da escola e até o seu irmão menor.



 

3. O CAMPO

O campo pode ser só até o fio da calçada, calçada e rua; rua e a calçada do outro lado; e, nos grandes clássicos, o quarteirão inteiro.


 

4. DURAÇÃO DO JOGO

O jogo normalmente vira em 5 e termina 10 minutos. Geralmente, no relógio de quem marca, dura uns 8 minutos cravados. Também vale: quem levar dois gols sai e entra o outro time ou pode durar até a mãe do dono da bola chamar ou escurecer. Nos jogos noturnos, até alguém da vizinhança ameaçar chamar a polícia.

 

5. FORMAÇÃO DOS TIMES

Varia de 3 a 70 jogadores de cada lado. Ruim vai para o gol. Perneta joga na ponta, esquerda ou a direita, dependendo da perna que faltar. De óculos é meia-armador, para evitar os choques. Gordo é beque.

 

6. O JUIZ

Não tem juiz.

 

7. AS INTERRUPÇÕES

No futebol de rua, a partida só pode ser paralisada em três eventualidades:

7.1 – Se a bola entrar por uma janela: nesse caso, os jogadores devem esperar 10 minutos pela devolução voluntária da bola. Se isso não ocorrer, os jogadores devem designar voluntários para bater na porta da casa e solicitar a devolução. Primeiro, com bons modos. Depois com ameaças de depredação.

7.2 – Quando passar na rua uma garota bonita. Mãe com criança de colo ou carrinho de bebê; pessoas mais velhas e anciãos também. É provável que ouçam assobios e vaias se demorarem a passar.

7.3 – Quando passarem veículos pesados. De ônibus para cima. Bicicletas e fusquinhas podem ser chutados junto com a bola e, se entrar, é Gol.

 

8. AS SUBSTITUIÇÕES

São permitidas substituições nos casos de:

8.1 – Um jogador ser carregado para casa pela orelha para fazer lição.

8.2 – Jogador que arrancou o tampão do dedão do pé. Porém, nestes casos, o mesmo acaba voltando a partida após utilizar aquela água santa da torneira do quintal de alguém.



8.3 – Em caso de atropelamento.

 

9. AS PENALIDADES

A única falta prevista nas regras do futebol de rua é atirar o adversário dentro do bueiro.

 

10. A JUSTIÇA ESPORTIVA

Os casos de litígio serão resolvidos na briga. Prevalecem os mais fortes ou quem pegar uma pedra antes.

 

Quem não jogou, perdeu um dos melhores momentos da vida.



5 Comments

  1. 👿 :grr: =D :o): Mas, esse tal de seu Paulo era ruim mesmo!! Mas, quando se gosta de jogar bola ou outro esporte qualquer, a gente não desiste assim tão rápido.Parabéns pelo lindo post!! Esse pé costurado dá até nervoso!! Ai, deve doer muito. :8 :rofl: 😡 :grr: =D =D

    Comentário by Sonia Regly — fevereiro 12, 2011 @ 2:05 am

  2. :rofl: 😉 :grr: =D =D Esse seu Paulo era ruim com vcs ,heim?? Ainda bem que ele se tornou amigo. Mas, quando se gosta de algum esporte, a gente não desiste assim tão rápido!! Parabéns pelo lindo e interessante post. Agora, esse pé costurado, dá até nervoso!!

    Comentário by Sonia Regly — fevereiro 12, 2011 @ 2:08 am

  3. Oi Antônio, adorei as regras! Algumas até conhecia de tanto assistir… Fiquei aqui lembrando quando meus irmãos jogavam e eu tentava negociar minha participação no jogo. Nunca deixaram. Ma aí eu me vingava e ficava torcendo pelo adversário…rs.

    Lembro também que em casa eles faziam uma bola com meias e aí me deixavam jogar. Mas não era muito produtivo, eu ficava feito “barata tonta” tentando ficar com a tal “bola” e nunca conseguia. Irmãos mais velhos são de uma maldade infinita, né?

    Então resolvi encerrar minha curta carreira futebolística e voltei para as minhas bonecas…rs.

    Abração, amigo!

    Comentário by Denize — fevereiro 12, 2011 @ 3:20 pm

  4. Olá,

    Parabéns por seu Blog!

    Gostaria de convida-lo a conhecer o T3, um excelente lugar para divulgar seu Blog, pois no T3 Todos os links são Folow melhorando suas posições nas pesquisas e existem pessoas realmente interessadas no seu conteúdo.
    Venha Conferir o melhor da Internet todos os dias e divulgar seu Blog no T3.

    http://www.t3.tol3.net

    Grande Abraço e Muito Sucesso!
    T3

    Comentário by T3 — fevereiro 12, 2011 @ 8:43 pm

  5. Que Post Fantástico!
    Amigo ANTONIO REGLY:
    O seu Post é absolutamente mágico!
    E ao lê-lo me trouxe recordações de minha inesquecível infância. O bom é que bola de vocês até que parece ser boa. A nossa era feita de borracha. Quantas saudades meu amigo. Tempos que não voltam mais. Não tínhamos problemas com vizinhos, pois morávamos no interior.
    Parabéns por mais um magnífico Post!
    Abraços fraternos,
    Fique em Paz Profunda!
    LISON COSTA.

    Comentário by LISON COSTA — fevereiro 17, 2011 @ 2:01 am

RSS feed for comments on this post.

Sorry, the comment form is closed at this time.