nov
9
Prêmio OMS sobre educação sexual

Já passei pelo momento de falar sobre sexo com minhas filhas. Isso foi há mais de 20 anos atrás. Não havia internet, pelo menos na minha casa, apenas a TV aguçando a curiosidade da menina de seis, que começou a fazer perguntas… digamos… um pouco constrangedoras para um pai que estava aprendendo a criar filhas.

Acho que me saí bem. Comprei dois livrinhos e dei-lhe de presente. Falei sobre o assunto juntamente com a minha mulher. E logo, logo, começamos a ser indagados pela mais nova, com perguntas melhor elaboradas, com um “quê” a mais de curiosidade.

Os tempos passaram, as meninas cresceram. Temos netos: um menino de 12 e a caçula, com 7. Eles fazem perguntas? Claro que fazem! Não para nós, mas para os pais. Diferente daqueles tempos, falar de sexo aos filhos quase nem é preciso. Eles já entram direto no assunto, como se querendo saber se sabemos fazer ou fazemos certo. É preciso um “toque de amigo” para falar de sexo, “sexo seguro”, investir em diálogo, educar de verdade.

Achei interessantíssimo esse video sobre Educação Sexual, nos tempos do vovô e da vovó: nós, é claro! O vídeo foi o vencedor do prêmio OMS sobre educação sexual.


httpv://www.youtube.com/watch?v=LwQlqHSHbwA



1 Comentário

  1. Olá,amigo António!
    Como está?Anda melhor?
    Vejo que o seu blog está cheio de Amor 🙂 Muito giro e engraçado esse vídeo,e pedagógico também..Um casal amigo da família,já de idade (70anos) ofereceu-me um livro para crianças, falava de um casal de crianças que se conhecia,crescia,casava ou juntava,fazia amor e tinha filhos.Na altura,nao se falava de protecções e preservativos nos livros e fora deles,como se fala agora.Eu tinha 6 anos e minha mãe,depois de me ler e mostrar o livro,explicou-me tudo sobre o assunto.Resultado,numa das visitas desse casal,euzinha já esclarecida,em cima de um banco,pergunto ao casal sénior: “Os senhores ainda fazem amor?”… Acho que ficou tudo a rir às gargalhadas e minha mãe pensava: onde será que eu me enfio? lololol
    Ehehehehe

    Jocas gordas
    Lena

    Comentário by lena — novembro 16, 2009 @ 5:46 pm

RSS feed for comments on this post.

Sorry, the comment form is closed at this time.