jun
3
“Lembrai-vos dos vossos pastores…”

 photo tn_Meuspastores.jpg

Amados irmãos, no segundo domingo de junho é comemorado o Dia do Pastor. Por isso, gostaria de lhes dar uma sugestão toda especial, atentando para o que a Bíblia orienta como cuidar dos seus pastores.

Não, não estou falando de mim mesmo, mas daqueles que um dia foram nossos pastores.

Lembro-me de cada um deles: Obson Cabral de Carvalho, o qual me levou a Jesus; Josias Cardoso Machado, que me batizou; Sérgio Santos Macharet, pastor na minha adolescência; Almir Coelho, orientou-me para o ministério; Waldir de Oliveira Guerra; Nelson Borralho Lima, que me casou com a Sonia em 1979; Marcos Bernardo do Nascimento, o que me enviou para o Seminário e me ordenou ao ministério da Palavra; Paulo Alves Feitosa, que me recebeu como sua ovelha e muito me incentivou a escrever; Marcos Zumpichiatte Miranda, também meu pastor. Cuidou de mim nos momentos mais difíceis da minha vida e deu-me a oportunidade de publicar meus estudos pela primeira vez na Revista Palavra e Vida.

A Bíblia diz na Carta aos Hebreus (13.7): “Lembrai-vos dos vossos guias, os quais vos pregaram a palavra de Deus; e, considerando atentamente o fim da sua vida, imitai a fé que tiveram”.

No Dia do Pastor, lembre-se, em especial, daquele que foi um dia seu pastor. Telefone, mande uma mensagem; se possível, faça uma visita, leve um presente. Ore com ele agradecendo a Deus pelo que ele foi e ainda é para a sua vida. Mostre amor, carinho, gratidão; faça com ele se sinta lembrado por você e que as marcas que imprimiu na sua vida ainda estão aí, com você.

Pastores são humanos, têm sentimentos. Sentem alegria, mas também sentem tristeza. Sempre se cobram por não terem feito mais. Mesmo tendo dado tudo de si enquanto puderam.
Pastores gostam de serem lembrados, não somente no Dia do Pastor, mas enquanto aqui viverem.


http://recebiliegostei.com/wp-content/themes/children/images/sign.png