ago
1
E o vencedor da Blogagem Coletiva é…

José Pinto, do Cabeça Web, é o grande vencedor da Blogagem Coletiva “As férias na Minha Terra”, com o post “Da Serra da Estrela: Cabeça“. A blogagem coletiva, que teve início no dia 10 e terminou no último dia 28 de julho, contou com a participação de 19 posts, que receberam juntos 1102 votos.
O prêmio para melhor comentário também ficou em Portugal e foi, com indiscutível justiça, para João Celorico, que abrilhantou a blogagem com seus bonitos e simpáticos versos para falar da sua terra. O poeta comentou ainda todos os posts participantes e em cada um deles deixou seus versos expressando o que achou deles.

O júri concedeu-me distinção e também um prêmio extra, declarando-me o blogueiro do mês de julho:

– Visto que o Sr. António Regly, revelou-se um blogueiro excepcional, enquanto participante, leitor, eleitor e comentador, que no primeiro minuto envolveu-se totalmente nesta blogagem, não só para mostrar o que de melhor tem a sua cidade, mas também para conhecer as nossas terras.
Como reconhecimento do seu apoio de peso, por parte dos leitores que votaram nele, e do seu grande empenho, a Olho de Turista decidiu distinguir António Regly, como o blogueiro do mês de Julho premiando-o com a oferta de uma Garrafa de Vinho Tinto “Angoreta”, denominação de origem controlada, da reserva de 2003. Uma oferta da Olho de Turista. [Grifo do júri]

A Blogagem Coletiva “As férias na Minha Terra” foi marcada por um clima de cordialidade, descontração e simpatia entre todos os participantes. Foram registrados os Momentos de Pura Poesia e os comentários tiveram de ser classificados por categorias, tamanha a criatividade de todos os envolvidos: comentários com “memórias de outros tempos”;  “que assumem sonhar com estes lugares”; “que sonham fazer pela terra…”se mandasse por um dia”; “de quem encontra vivências simples e únicas das nossas aldeias” e “quem admirou a essência do blog”.

O melhor texto

O melhor texto, escolhido conforme a regra do concurso – 49% dos votos da caixa de votação + 51% votos do júri – e, a meu ver, merecidamente, por alcançar os objetivos da blogagem e, particularmente do seu autor – mostrar ao mundo a povoação de Cabeça, tem o meu destaque por motivos mais do que justos: seu autor foi humilde, sincero e ousado.

“Amigo António,

Quem não gostaria de passar umas belas férias no Rio de Janeiro?
Quem não gostaria de passar umas boas férias na aldeia de Cabeça?

O que nos move aqui é esta ânsia legítima de que toda a gente escolha a nossa aldeia. Uma delas, gigantesca e mediática como o Rio de Janeiro; outra, pequenina e distante como a povoação de Cabeça que eu quero mostrar ao mundo.

Ah, se eu conseguisse! Esse seria o meu prémio!

Sabe? Às vezes, dou por mim a sonhar com a aldeia de Cabeça toda transfigurada, com gente a aparecer por todo o canto com projectos para investir no turismo rural, no queijo da serra, na cozinha regional e na recuperação destas casinhas de xisto centenárias.

Oh, meu Deus, que loucura!

O problema das aldeias é mesmo a desertificação, ou seja, o inverso das grandes metrópoles onde as pessoas se apinham.
No final desta blogagem, o Rio de Janeiro continua “lindo”, o Rio de Janeiro continua “sendo”, o Rio de Janeiro “Fevereiro e Março”, como canta o grande baiano Gilberto Gil.

A aldeia de Cabeça também continuará “linda”, mas continuará “sendo” esquecida pelo mundo global!…(ou não?!

Segundo as regras desta blogagem, as pessoas votam no melhor texto e não no sítio onde passam ou gostariam de passar férias. Isso é que é dramático, porque cada um de nós está convencido que escreveu muito bem, não é, amigo António?

Admito que, às vezes, até me esqueço disso. A verdade é que há mais 18 concorrentes a respeitar. E o texto vencedor não tem de, necessariamente, ser o meu! E o concurso ainda não acabou. E o problema é que não posso vender a fotografia da minha aldeia, mas tão só umas palavras que resolvi escrever!
Não é também o seu problema, António? Estamos tramados!

Obrigado pelo seu comentário.
Um abraço para o meu amigo.

José Pinto” [grifo meu no texto do José]

José Pinto, do Cabeça Web e a foto que postou na blogagem

jose-pinto-e-a-aldeia-cabeca

Participaram da Blogagem Coletiva os seguintes posts, listados pela ordem na Caixa de Votaçã e os votos recebidos:

1 – Por Tom Dela, por Claudia Pino – 2 votos;
2 – Quem por Viseu passar, aqui deixo a minha sugestão, por Marcia – 4 votos;
3 – Piquenique na Serra da Freita, por Adelaide, do Em instantes – 37 votos;
4 – Férias Encantadoras na Região de Lisboa, por Artur Couto, Beleza Serrana – 2 votos;
5 – Rio de Janeiro: Reconhecidamente a Cidade Maravilhosa, por Antonio Regly, do Recebi, Li e Gostei – 555 votos – Prêmio extra como Blogueiro do Mês de Julho;
6 – A ilha Graciosa, por Alcinda, do Soma dos Dias – 32 votos;
7 – Gramado, por Sandra, do Interação de amigos – 16 votos;
8 – Lagos, por Maria de Fátima, do Repensando – 25 votos;
9 – Lagos, por Elvira Carvalho, do Coisas minhas – 5 votos;

10 – Por terras de Bragança, por Jorge Pinheiro, do Expresso da linha – 8 votos;
11 – São Pedro de Moel: paraíso entre o pinhal e o mar, por Maggie, do Palavras ao vento – 1 voto;
12 – Da Serra da Estrela: Cabeça, por José Pinto, do Cabeça Web – 385 votos – Vencedor da Blogagem Coletiva;
13 – Lagarinhos, por Teresa, do Óculos do mundo – 2 votos;
14 – Belo Horizonte, por Letícia, do Tempestade – 2 votos;
15 – Férias na minha terra, por João Celorico – 10 votos – Prêmio pelo Melhor Comentário;
16 – Odeceixe, um lugar especial, por Catarina, do Once – 7 votos;
17 – Uma bela tarde em Coimbra, por Pitanga Doce, do Pitanga Doce – 2 votos;
18 – Cabanas de Tavira, Romicas, Grãos de Areia – 3 votos;
19 – Mêda, um conselho por descobrir, por Carina – 4 votos.

Mosaico em homenagem à Blogagem Coletiva “Férias da Minha Vida”

mosaico-da-blogagem-coletiva

Susana Falhas, entusiasta, organizadora e promotora da Blogagem Coletiva “As férias na Minha Terra”. Recebeu, com justiça, dois títulos dos “que sonham fazer pela terra…”se mandasse por um dia”: Ministra do Planeamento e Embaixatriz.

susana-falhas-embaixatriz-da-blogagem-coletiva

João Celorico, o poeta da Blogagem Coletiva

RIO DE JANEIRO CIDADE MARAVILHOSA

Da cabeça não me sai
“o comentário melhor”,
o meu, amigo, aqui vai,
apanhe-o se faz favor!

Cidade maravilhosa,
do Cristo do Corcovado,
da morena deliciosa
e do samba danado.

Recebi, li e gostei
de tudo o que você fez
mas meu voto não dei.
Fica pr’á outra vez!

João Celorico


Agradecimento especial

Às minhas meninas, Sonia Regly, do Compartilhando as letras; Lívia Regly, do Somewhere in World; e Evelyn Regly, do Evelyn’s Place; aos meus genros Wagner e Diego;

Aos amigos e amigas, Lison, do Nhamundá; Simone Mascarenhas, do Masquerade; José Sidney, do Sem Tanto FocoCatarino; do Blog do Catarino; Rita Costa, do Alma de Poesia; Maria Souza, do Maturidade; Moreijo, do Ficção Fantasia ou Verdade; Francisco Castro, do Blog do Francisco Castro; Luciana, do Banco de Saúde; Teresa Diniz, do Os Meus Óculos do Mundo; Edilza, do Saúde pelas Plantas; Bonellinha, do Um Passo ao Céu; Nogueira, do Nogueira de Lei; Susana Falhas e Helena Teixeira, do Aldeia da Minha Vida e Serafim Faro, Júri; Mikasmi, do Aprendemos; Mr. Jones, do Reino Inimaginável do Mr. Jones;  Fran Ribeiro; Alessandra; João Celorico; aos amigos em particular e do diHitt – da minha lista e rol de outros amigos; aos colegas pastores, irmãos em Cristo.
Se, porventura, esqueci de mencionar algum nome, peço perdão antecipadamente.

Todos foram brilhantes e sou-lhes grato por tudo.



13 Comments

  1. Amigo António Regly

    Fico muito grato por este seu comentário. Mostra que sabe disputar o jogo e, no final, não se coibe de elogiar os que jogaram consigo. São palavras muito bonitas as que aqui deixou e sublinho com especial ênfase as que se reportam à aldeia Cabeça, essa sim, a verdadeira vencedora. Durante alguns dias, este lugarejo teve alguma visibilidade no mundo. O nosso objectivo foi plenamente alcançado. Agora, voltará calmamente à tranquilidade do dia-a-dia.

    O António demonstrou que é um grande lutador, disputando o jogo num “corpo a corpo” de promoção da mensagem que quer transmitir. E conseguiu pôr-nos todos a gostar ainda mais da sua belíssima cidade do Rio de Janeiro. Tenho a certeza que o António será um bom anfitrião para qualquer dos concorrentes desta blogagem que alguma vez se desloque ao Brasil. Não tenho dúvidas de que todos saberemos retribuir quando vier a Portugal.

    Um abraço do amigo
    José Pinto

    Comentário by José Pinto — agosto 1, 2009 @ 9:13 am

  2. Amigo António Regly

    Fico muito grato por esta postagem. Mostra que sabe disputar o jogo e, no final, não se coibe de elogiar os que jogaram consigo. São palavras muito bonitas as que aqui deixou e sublinho com especial ênfase as que se reportam à aldeia Cabeça, essa sim, a verdadeira vencedora. Durante alguns dias, este lugarejo teve alguma visibilidade no mundo. O nosso objectivo foi plenamente alcançado. Agora, voltará calmamente à tranquilidade do dia-a-dia.

    O António demonstrou que é um grande lutador, disputando o jogo num “corpo a corpo” de promoção da mensagem que quer transmitir. E conseguiu pôr-nos todos a gostar ainda mais da sua belíssima cidade do Rio de Janeiro. Tenho a certeza que o António será um bom anfitrião para qualquer dos concorrentes desta blogagem que alguma vez se desloque ao Brasil. Não tenho dúvidas de que todos saberemos retribuir quando vier a Portugal.

    Um abraço do amigo
    José Pinto

    Comentário by José Pinto — agosto 1, 2009 @ 9:17 am

  3. Amigo António
    Esta postagem é uma prova de grande fair play da sua parte. Sem qualquer preconceito, trascreveu para o seu blogue o veredicto do júri, as fotos da aldeia Cabeça, uma listagem com um link para todos os blogues concorrentes e até elaborou um mosaico muito original alusivo ao concurso. Por outras palavras, o António não deu por terminada a blogagem colectiva e continuou a dar-lhe vida. Fantástico!

    Daqui se infere que o António viveu intensamente esta experiência, dela extraindo o melhor que ela teve: uma disputa de opiniões, uma partilha de saberes e a construção duma grande amizade. Afinal, é isso que resta. Foi isso que todos ganhámos.

    O António é um bom exemplo.
    Um abraço
    José Pinto

    Comentário by José Pinto — agosto 2, 2009 @ 12:13 am

  4. Caro António ( não sei porquê , de vez em quando vem a palavra João…para o ano terei que te enviar um bolo , na Páscoa…por causa disso):

    A cada dia que passa, consegues surpreender-me, pela tua pura amizade, e pela pessoa que és.

    Gostei imenso de ler este post. Quem passar por aqui fica a saber tudo sobre o que se passou ao longo da blogagem de Julho.

    Precebe-se que foi escrito com muito carinho (com muito trabalhinho de casa) e muita amizade, por todos os que participaram.

    Se este post tivesse nota, dava-lhe na nota máxima( e olhaque nunca dei, quando fui professora…pois sou muito exigente).

    Parabéns por tudo: pela pessoa que és, por seres o melhor blogueiro do mês e entre os melhores comentadores e principalmente por este post!

    Como nós dizemos, :Tiro-te o chapéu, quando sei que estás no meio de mudanças de casa…espero que esteja a correr tudo bem e o que quer que tenhas, desejo-te as melhoras, para voltares novinho em folha, em Outubro.

    Envia os teus dados (nome,morada e contacto para te enviar a garrafa de vinho) para o meu e-mail habitual.

    Abraço, Susana

    Comentário by Susana Falhas — agosto 2, 2009 @ 12:28 am

  5. Antonio!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Que maravilha de resultado! Eu só não entendi a matemática: se 555 é maior do que 385 como o menor ganhou??!!?! Quando vamos beber seu vinho?!?! Ahahahahah

    A carinha da Suzana é demais! Que jóia de amiga! Achei tudo lindo. Eu li este post 2x!

    Antonio, vc é DEMAIS !!!!!

    Comentário by Sissym — agosto 2, 2009 @ 3:01 am

  6. Saudações!
    AMIGO ANTONIO REGLY,
    Uma ótima notícia, estou verdadeiramente feliz em saber que o meu amigo, conquistou o prêmio de blogueiro do mês, reconhecimento de grande relevância, tão importante para você e a todos os amigos.
    Hoje, amigo, como foi o primeiro treino, bateu no pau da trave, com certeza o próximo Post é GOOOOOOL !
    Sou grato pela referencia de meu nome, e tenha a certeza que o seu amigo, está aqui na trincheira para lhe servir, conte comigo!
    Desejo, restabelecimento mil de sua saúde!
    Parabéns pela conquista!
    Abraços Fraternos!LISON.

    Comentário by LISONN — agosto 2, 2009 @ 5:28 am

  7. António
    Parabéns pelo teu prémio que é muito merecido.

    Parabéns também pelo tem coração que é muito grande e onde cabemos todos.

    Desejo-te melhoras rápidas e toda a felicidade do mundo

    Abraços
    Emilia

    Comentário by Emilia — agosto 2, 2009 @ 6:52 am

  8. Amigo António
    Não está fácil enviar mensagens pela plataforma do seu blogue. Tenho feito várias tentativas, mas não vejo o texto publicado nos “comentários”. Vamos ver se é desta.

    Quero dar-lhe muitos parabéns pelo seu fair play. O António transcreveu para o seu blogue toda a fundamentação da atribuição das classificações e foi, ainda, mais longe. Numa demonstração de grande desportivismo, inseriu imagens da minha aldeia, Cabeça, e de mim próprio. Fico sem palavras e agradeço profundamente o seu gesto. Mas o António não se ficou por aqui. Elaborou um mosaico de imagens representativas de todos os concorrentes da blogagem colectiva e inseriu as bandeiras brasileira e portuguesa. Isto prova a intensidade com que o António viveu esta experiência colectiva e a consideração que a equipa lhe merece.
    Dou-lhe os parabéns por ter sido distinguido como o Blogueiro de Julho. Tudo de bom para si, com muita saúde.
    Um abraço.
    José Pinto.

    Comentário by José Pinto — agosto 2, 2009 @ 9:30 am

  9. Parabéns pelo excelente trabalho. Sua divulgação foi muito boa e teve muitos votos.
    Parabéns também pelo prêmio de Blogueiro do Mês de Julho.

    Comentário by Catarino — agosto 2, 2009 @ 8:09 pm

  10. Parabéns Antonio pelo seu merecido premio. Achei maravilhosos e aprendi muito com tudo que li e também com as imagens. Foi realmente muito bom.

    Comentário by Edilza — agosto 2, 2009 @ 9:43 pm

  11. obrigado pela lembrança de minha pessoa fico muito feliz ,espero que quando receber o litro de vinho, beba com moderação amigo e ja saudo voce pela recolhecimento de seu trabalho…valeu…fuiiiiiiiii

    Comentário by moreijo — agosto 3, 2009 @ 1:00 pm

  12. Amigo António

    Venho aqui, ao seu blog, para lhe agradecer tudo o que me endereçou, felicitá-lo pelo reconhecimento do júri e dar-lhe igualmente os parabéns por tudo quanto nos proporcionou, a mim em particular. Para encerrar a nossa amigável disputa, aqui lhe envio uns versos que ainda tinha no fundo da minha gaveta. É aproveitar, porque talvez sejam os últimos!

    Mais versos? Eu, não insisto!
    Mais versos? Eu, não quero!
    Pois, meu amigo, eu desisto!
    Você já me deu, dez a zero!

    António, António! Meu amigo!
    A melhor defesa é o ataque.
    Por isso lhe digo e redigo,
    o meu amigo é um craque!

    Mais lhe posso eu dizer,
    é que recebi, li e gostei,
    em verso tentei responder
    mas minha poesia esgotei!

    Ah, mas vai ser diferente!
    Assim, duma maneira airosa,
    digo que, daqui para a frente,
    só vai ter a minha prosa!

    Mas, lhe digo, nem que seja
    a última coisa que eu faço,
    a minha pessoa lhe deseja
    saúde e envia forte abraço!

    Bem haja

    Junto também estes para comemorar a minha “estrondosa” vitória!

    Sonhei ao Olimpo subir
    com uma coroa de “espinhas”
    e, todo contente, a sorrir,
    levantava as garrafinhas!

    Diziam-me ser um novo Camões
    mas, com os dois olhos a ver,
    e eu, para manter as ilusões,
    “Os Bloguíadas” iria escrever.

    Bocage não fui nem sou
    e meu verso não polui!
    Mas, também dizer não vou
    que outro Aretino fui!

    Dos meus dotes não me queixo,
    não sou anjo nem Demónio
    é que não me chamo Aleixo
    e, nem sequer sou António!

    Digo apenas, simplesmente,
    e com esta aqui me fico
    serei, para toda a gente,
    só, o amigo João, o Celorico!

    Bem haja
    Votos de boa melhoras e rápido restabelecimento e felicidades na sua nova casa

    João Celorico

    Comentário by João Celorico — agosto 4, 2009 @ 10:57 pm

  13. Amigo António,
    está a ser difícil entrar com o comentário. Vou tentar de novo.

    Os meus parabéns e também os agradecimentos de tudo o que me enviou. Tinha aqui estes versos e não sabia o que lhes havia de fazer. Olhe, aqui estão!

    Mais versos? Eu, não insisto!
    Mais versos? Eu, não quero!
    Pois, meu amigo, eu desisto!
    Você já me deu, dez a zero!

    António, António! Meu amigo!
    A melhor defesa é o ataque.
    Por isso lhe digo e redigo,
    o meu amigo é um craque!

    Mais lhe posso eu dizer,
    é que recebi, li e gostei,
    em verso tentei responder
    mas minha poesia esgotei!

    Ah, mas vai ser diferente!
    Assim, duma maneira airosa,
    digo que, daqui para a frente,
    só vai ter a minha prosa!

    Mas, lhe digo, nem que seja
    a última coisa que eu faço,
    a minha pessoa lhe deseja
    saúde e envia forte abraço!

    Para comemorar a minha “estrondosa” vitória, tive que fazer outros. Aí vão:

    Sonhei ao Olimpo subir
    com uma coroa de “espinhas”
    e, todo contente, a sorrir,
    levantava as garrafinhas!

    Diziam-me ser um novo Camões
    mas, com os dois olhos a ver,
    e eu, para manter as ilusões,
    “Os Bloguíadas” iria escrever.

    Bocage não fui nem sou
    e meu verso não polui!
    Mas, também dizer não vou
    que outro Aretino fui!

    Dos meus dotes não me queixo,
    não sou anjo nem Demónio
    é que não me chamo Aleixo
    e, nem sequer sou António!

    Digo apenas, simplesmente,
    e com esta aqui me fico
    serei, para toda a gente,
    só, o amigo João, o Celorico!

    Votos de boas melhoras e felicidades na nova casa.
    Até sempre,

    João Celorico

    Comentário by João Celorico — agosto 4, 2009 @ 11:05 pm

RSS feed for comments on this post.

Sorry, the comment form is closed at this time.